segunda-feira, 31 de maio de 2010

COERÊNCIA E COESÃO

Coesão e coerência são dois termos que estao relacionados um com o outro: o primeiro designa o modo como as palavras se ligam entre si através dos elementos gramaticais; o segundo relaciona-se com a ligação lógica que é estabelecida entre as palavras e os elementos gramaticais por forma a ser criada uma frase com sentido.
Percebe-se deste modo a interdependência entre estes dois termos: um texto com problemas de coesão terá, provavelmente, problemas de coerência.

A actividade proposta aos alunos no âmbito desta temática consiste na análise macro e microestrutural da coerência e coesão de textos retirados de um relatório de sustentabilidade da Charmartin, uma empresa do sector imobilário.

De uma forma bastante resumida, a análise macro-estrutural diz respeito à coerência e a análise micro-estrutural à coesão. Isto tem toda a lógica se pensarmos, como já foi referido acima, que um texto com falhas na coesão terá à partida problemas de coerência. Por outras palavras, a coesão é a base ou estrutura interna da "estrutura" maior que é a coerência.


O MEU TAC DE COERÊNCIA E COESÃO

Verifique as regras de coerência nos seguintes textos:

a) Análise macro-estrutural
1) genérica (páginas 41-45 do relatório)
2) detalhada (página 23)

b) Análise micro-estrutural (página 23)



Análise macro-estrutural genérica

O texto é coerente, isto é, tem uma estrutura lógica (macro-estrutura) bem definida.

Análise macro-estrutural detalhada

Análise micro-estrutural


"O código integra
ainda um conjunto de direitos e
obrigações que devem ser seguidas
pelos colaboradores, ao abrigo da
conduta ética que lhes é exigida.
O código apresenta ainda os
princípios que estruturam a relação
da empresa com a comunidade,
concorrentes, entidades
financeiras, fornecedores,
media, entidades governamentais(...)"

Neste execerto verifica-se uma falha na coesão: duas frases seguidas que começam da mesma forma. Este tipo de repetição deve ser evitado pois além de ser desnecessário não soa bem. A articulação entre duas frases deve ser feita de modo a que, se a segunda der continuidade à primeira, o substantivo (neste caso "código") seja substituido por um pronome, para evitar a repetição do mesmo.


COMENTÁRIOS

De todas as actividades (TAC) propostas em PMI, esta foi a menos cativante sob o meu ponto de vista.
Não conseguir perceber com exactidão aquilo que era pretendido e tive bastantes dificuldades em sintetizar a informação que encontrei acerca de coerência e coesão, e também sobre análise estrutural de textos.

Fiquei no entanto, com a ideia de que a coerência de um texto se relaciona com a sua macro-estrutura e a coesão com a micro-estrutuda. Isto serviu de fio-condutor na minha análise dos textos propostos.

Ficou ainda assim muito por aprofundar no campo da coerência e sobretudo da coesão, sendo que esta é como que o conjunto de alicerces sobre os quais se contrói o texto.

Sem comentários:

Enviar um comentário